15:57 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, durante encontro com a oposicão

    17 chanceleres da América Latina se reúnem no Peru para discutir crise na Venezuela

    © REUTERS/ Marco Bello
    Américas
    URL curta
    345

    A reunião de chanceleres da América Latina convocada pelo Governo do Peru para discutir a crise na Venezuela teve início nesta terça-feira (8)

    O Ministério das Relações Exteriores do Peru confirmou à Sputnik que os chanceleres de Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Jamaica, México, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia estão presentes.

    A Venezuela enfrenta uma profunda crise política e econômica. 

    "Desafios de governabilidade e democracia na região são os temas centrais da reunião de chanceleres", escreveu o Ministério de Relações Exteriores do Peru em seu Twitter.

    O presidente Nicolás Maduro aposta suas fichas no trabalho de uma Assembleia Nacional Constituinte recém-eleita. Os integrantes do colegiado já foram empossados, mas a oposição não reconhece a legitimidade do órgão.

    Desde o início da onda de protestos em 4 de abril, a Venezuela já contabiliza 121 mortos. No último domingo, um levante militar na região norte do país foi controlado pelas forças oficiais, mas os protestos decorrentes registraram duas mortes. 

    Caracas foi expulsa do Mercosul por "ruptura da ordem democrática" de maneira unânime no sábado (8).

    Mais:

    Venezuela: insurgentes, envolvidos no ataque à base militar, foram financiados em Miami
    O domingo de insurreição militar e mais protestos na Venezuela
    Venezuela: ministro da Defesa diz que 'ataque terrorista' à base militar foi controlado
    Mídia: sublevação abala base militar na Venezuela, várias pessoas presas
    OEA parabeniza Mercosul por suspensão da Venezuela
    Mercosul se tornou um órgão de perseguição política, diz Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik