20:05 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro

    Maduro pede 'punição máxima' para atacantes da base militar

    © REUTERS / Miraflores Palace
    Américas
    URL curta
    24133
    Nos siga no

    O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, pediu a "punição máxima" para todos os participantes do ataque à base militar, Paramacay, informa o jornal El Nacional.

    "Eu peço a punição máxima para todos os participantes do ataque terrorista à base", cita a agência. Segundo dados do El Nacional, as oito pessoas detidas pela manhã desta segunda-feira (7) foram transportadas a Caracas. Nota-se que entre eles há um militar.

    A edição comunica que Maduro ordenou também reforçar a segurança nas instalações militares do país.

    Anteriormente, foi comunicado que um grupo de desconhecidos atacou a base militar de Paramacay. Diosdado Cabello, o primeiro vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela, qualificou o incidente de ato terrorista. As Forças Armadas já reestabeleceram o controle sobre a situação. O presidente venezuelano afirmou que o ataque à base militar deixou duas pessoas mortas e uma ferida.

    O ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, afirmou que o ataque foi realizado por um "grupo que consistia de criminosos civis que usavam uniforme militar e de um tenente desertor".

    Mais:

    'Hoje tivemos que vencer o terrorismo com balas', diz Maduro sobre levante
    Maduro nomeia novo chanceler venezuelano
    Maduro diz estar orgulhoso de sanções dos EUA: 'Não tenho medo'
    Tags:
    ataque, Partido Socialista Unido da Venezuela, Vladimir Padrino López, Diosdado Cabello, Nicolás Maduro, Caracas, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar