08:19 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    141
    Nos siga no

    Oito pessoas foram encontradas mortas neste domingo dentro de um caminhão estacionado em uma loja Walmart em San Antonio, no estado americano do Texas, e as autoridades locais disseram que o grupo foi vítima de traficantes de pessoas “cruéis”.

    Segundo o chefe dos bombeiros da cidade, Charles Hood, outras 30 pessoas que estavam no baú do caminhão foram socorridas – muitas delas em estado crítico, já que não havia circulação de ar ou suprimento de água no veículo.

    O motorista do caminhão foi preso e será autuado pelo crime, enquanto as autoridades seguem investigando o caso para identificar outros envolvidos no que seria um episódio de tráfico de pessoas.

    “Todos foram vítimas de contrabandistas humanos cruéis e indiferentes ao bem-estar de sua frágil carga. Essas pessoas estavam indefesas nas mãos de seus transportadores. Imagine seu sofrimento, presos em um reboque sufocante com mais de 100 graus [Fahrenheit, o que corresponde a 37,8 graus Celsius] de calor”, disse o promotor responsável pelo caso, Richard Durbin.

    A cidade de San Antonio fica a 240 quilômetros da fronteira com o México e as temperaturas nesta época do ano na região são consideradas muito altas.

    Segundo as autoridades norte-americanas, o número de imigrantes ilegais a tentarem entrar no país aumentou após o republicado Donald Trump assumir a presidência do país, com a promessa de endurecer a vida de quem queira entrar nos EUA.

    Estima-se que 32 mil casos de tráfico humano no país tenham sido denunciados pelo canal telefônico dedicado ao assunto, de acordo com estatísticas extraoficiais.

    Mais:

    'Furacão de fogo' arrasa Texas (FOTO, VÍDEO)
    Universidade do Texas é evacuada após ameaça de bomba
    Caça da Força Aérea dos EUA pega fogo durante decolagem no Texas
    Tags:
    fronteiras, segurança, calor, violência, tráfico humano, Donald Trump, Charles Hood, Richard Durbin, América do Norte, México, San Antonio, Texas, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar