12:50 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    54412
    Nos siga no

    O Congresso dos EUA preparou uma nova rodada de sanções contra a Rússia e já tem um consenso entre os partidos Democrata e Republicano para sua aprovação, anunciaram líderes partidários neste sábado (22). A expectativa é de que o projeto de lei seja votado na terça-feira.

    A iniciativa estipula até um fundo de US$ 250 milhões nos anos fiscais de 2018 e 2019 para combater a "influência russa".

    Segundo o documento, o objetivo dos recursos é proteger a infraestrutura de países membros da OTAN e da União Europeia contra ataques de hackers.

    O Kremlin afirmou afirmou que tem uma visão "extremamente negativa" do projeto de lei. 

    A União Europeia destacou que a medida "é motivada por considerações domésticas"  e que pode ter "consequências não intencionais" sobre o projeto de diversificação energética do bloco europeu.

    Os hackers russos são repetidamente acusados de interferir em instituições governamentais pelos políticos ocidentais. Moscou nega as alegações e as considera absurdas.

    Mais:

    Rússia: novas sanções dos EUA contra Irã são infundadas
    ONU impõe sanções a organizações e indivíduos ligados ao Daesh e à Al-Qaeda
    Secretário-geral da OEA afirma apoiar sanções contra Venezuela
    Vice-chanceler: EUA não suspendem sanções nem se Rússia jogar 'bandeira branca'
    Chanceler alemão defende o levantamento das sanções contra a Rússia em entrevista
    Tags:
    OTAN, Congresso dos EUA, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar