20:30 17 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Incêndio

    Mais um: Prédio residencial de 36 andares pega fogo no Havaí e deixa mortos e feridos

    © REUTERS / Abduljabbar Zeyad
    Américas
    URL curta
    1 0 0
    Nos siga no

    Pelo menos três pessoas morreram, enquanto outras três ficaram feridas em um incêndio maciço que surgiu em um prédio de apartamentos de 36 andares em Honolulu, a capital do estado do Havaí, informou a mídia local.

    O incêndio explodiu no 26º andar do edifício Marco Polo,em Honolulu, por volta das 2:15 no horário local (21:15 no horário de Brasília). O fogo não foi controlado a tempo e se espalhou para os outros andares, de acordo com a emissora KHON2.

    "Nós tínhamos pessoas relatando que há desaparecidos em vários andares ao redor do fogo. Estamos nos certificando de que estamos a abordar todas as preocupações quanto às pessoas no edifício, garantindo que todos saiam com segurança " disse o capitão do Departamento de Bombeiros de Honolulu, David Jenkins à emissora.

    Os Bombeiros investigam a causa do incêndio, acrescentou o funcionário.

    "Houve relatos de detritos de fogo que caíram no chão, causando incêndios secundários em outras partes do edifício abaixo no nível do segundo andar. Nós também abordamos essa questão", disse Jenkins.

    De acordo com a emissora, existem 568 unidades de apartamentos, quatro unidades comerciais no prédio, bem como um estacionamento de sete andares. O entorno do local está isolado.

    Relembre

    Este é o segundo incêndio em prédio residencial de grandes proporções em menos de um mês. No final de junho, um edifício em Londres ardeu em chamas depois que um pequeno curto em uma geladeira deu início a labaredas que consumiram toda a estrutura. O acidente na Grenfell Tower, localizada na região de Kensington, deixou pelo menos 80 mortos e dezenas de desaparecidos.

    Tags:
    Edifício Marco Polo, Torre Grenfell, Departamento de Bombeiros de Honolulu, KHON2, David Jenkins, North Kensington, Londres, Havaí, Honolulu
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar