11:10 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Aeroporto internacional de São Francisco no dia 8 de julho de 2017

    São revelados detalhes sobre o caso envolvendo 5 aviões em São Francisco

    © AFP 2017/ Daniel SLIM
    Américas
    URL curta
    192880

    O Departamento de Segurança de Transporte do Canadá (TSB, sigla em inglês) revelou os dados preliminares do incidente que aconteceu no aeroporto de São Francisco, e onde se conseguiu evitar a maior catástrofe aérea na história, informa a agência AP.

    O incidente teve lugar na madrugada do dia 7 de julho. Um avião de passageiros da companhia aérea Air Canada, que estava realizando um voo proveniente de Toronto, por engano se dirigiu em direção à pista de rolamento, onde já havia quatro aeronaves, ao invés de à pista de pouso e decolagem. Os controladores aéreos conseguiram parar o piloto a tempo.

    Segundo os dados da TSB, o Airbus A320 canadense, com mais de 140 pessoas a bordo, arremeteu e voou sobre dois aviões que estavam na pista de rolamento a uma altura de cerca de 30 metros, a 65 metros sobre o terceiro e a 100 sobre o quarto.

    No site liveatc.net foi postada uma alegada comunicação entre a tripulação do Airbus A320 e os controladores aéreos, onde o piloto informa sobre "umas luzes" na pista de pouso e decolagem e que aparentemente seriam os aviões na pista de rolamento.

    O controlador aéreo assegurou o piloto que a pista estava livre. Depois de alguns segundos, outra voz interferiu, que aparentemente pertenceria a um dos pilotos: "Aonde esse cara está voando? Ele está sobre a pista de rolamento." Apenas depois disso o controlador aéreo ordenou ao piloto da aeronave canadense para arremeter.

    Mais:

    Pelo menos 16 mortos em queda de avião militar nos EUA (VÍDEO)
    Avião cai durante o combate aos incêndios em Portugal
    Avião de passageiros cai em aeroporto do Sudão do Sul
    Tags:
    incidente, catástrofe, avião, aeroporto, São Francisco, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik