01:56 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano no campo de papoilas no Afeganistão

    McCain: EUA estão perdendo a guerra no Afeganistão

    © AFP 2019 / Massoud HOSSAINI
    Américas
    URL curta
    19124
    Nos siga no

    O país está perdendo a guerra no Afeganistão, devido à ausência de uma estratégia, afirmou o senador John McCain em uma entrevista para o canal CBS.

    "Não temos estratégia e estamos perdendo", disse McCain, presidente do Comitê das Forças Armadas do Senado, ao CBS.

    O senador, que viajou recentemente para o Afeganistão, também alertou que o exército afegão sofre "baixas inaceitáveis". A origem do problema, segundo McCain, reside na Casa Branca, onde atualmente há "muito transtorno".

    Em 2001, os Estados Unidos lançaram uma operação militar no Afeganistão contra os insurgentes islamitas. Conforme estava previsto inicialmente, as tropas norte-americanas deveriam se retirar do país em 2014, mas a pedido do Governo afegão uma parte deste contingente ficou para ajudar as forças locais.

    Hoje em dia, os EUA mantêm nesse país cerca de 8.400 militares, e em meados de junho, o Departamento de Defesa anunciou que enviará para o país cerca de 4.000 efetivos adicionais.

    O Afeganistão vive uma situação de instabilidade política, social e de segurança, com frequentes ataques por parte do movimento islâmico Talibã e de outros grupos radicais, como a organização terrorista Daesh (proibida na Rússia).

    Mais:

    Washington gasta quase US$ 100 milhões com uniforme absurdo no Afeganistão
    Soldado do governo matou dois militares dos EUA no Afeganistão
    Nova escalada: qual será nova estratégia dos EUA no Afeganistão?
    Tags:
    guerra, Talibã, John McCain, EUA, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar