18:53 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    111237
    Nos siga no

    Rússia solicitou esclarecimentos dos EUA sobre as declarações do secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, referentes à instauração de zonas de exclusão aérea na Síria, mas ainda não recebeu resposta, disse o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov.

    Nesta quarta-feira, Tillerson declarou que os Estados Unidos estudam a possibilidade de criar zonas de exclusão aérea, formar grupo de controle da cessar-fogo e garantir acesso de ajuda humanitária na Síria em parceria com a Rússia.

    "Pelo que eu entendi, a declaração de Tillerson ontem foi preparada com antecedência, mas nós não fomos informados sobre isso…Não estamos sabendo, por isso solicitamos esclarecimentos, mas ainda não recebemos uma resposta sobre essas zonas aéreas, e nunca conversamos a respeito", disse Lavrov aos jornalistas russos.

    O ministro manifestou a certeza, entretanto, que o objetivo dessa declaração está voltada, de uma forma ou de outra, "para cooperação entre a Rússia e os EUA", ou seja, seria "um passo na direção certa". 

    O primeiro encontro dos presidentes da Rússia e dos EUA, Vladimir Putin e Donald Trump, deverá ser realizado no dia 7 julho, durante a cúpula do G20 em Hamburgo, na Alemanha.

    Mais:

    Democratas: Trump deve discutir a interferência russa na eleição dos EUA com Putin
    Rússia deve parar de desestabilizar a Ucrânia, diz Trump às vésperas de encontro com Putin
    Assessor do presidente russo: Trump e Putin se reunirão em 7 de julho em Hamburgo
    CNN indica temas principais do futuro encontro entre Trump e Putin
    Tags:
    cooperação técnico-militar, relações bilaterais, zona de exclusão aérea, Sergei Lavrov, Rex Tillerson, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar