16:57 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    O destróier de mísseis guiados USS Fitzgerald da Marinha dos EUA regressa à base após colisão com o navio mercante filipino ACX Crystal

    O destino macabro dos sete marinheiros falecidos no USS Fitzgerald

    © REUTERS/ Courtesy of U.S. Navy / Peter Burghart
    Américas
    URL curta
    4170352

    Os investigadores compartilharam as circunstâncias da morte dos sete membros da tripulação do destróier norte-americano USS Fitzgerald, que colidiu com um navio mercante filipino em 17 de junho perto da costa japonesa.

    Cinco dos sete tripulantes morreram quase imediatamente durante a colisão entre os navios. O impacto se produziu precisamente na zona onde se encontrava o camarote em que dormiam os marinheiros.

    Os outros dois, aparentemente, sobreviveram ao choque e faleceram pouco depois, por afogamento, ao tentar ajudar seus cinco colegas, explica o CNN, citando fontes relacionadas com a investigação.

    Provavelmente, nunca se saberá se a ordem de fechar a escotilha do compartimento foi dada quando os dois homens ainda se continuavam vivos, afirmou o oficial.

    A investigação esclarecerá quem deu esta ordem, mas no momento está claro que esta decisão foi necessária, porque a água que penetrava já havia inundado não só o compartimento que sofreu o impacto, mas também os compartimentos vizinhos, incluindo a coberta por baixo.

    Em qualquer caso, o funcionário sublinhou que a Marinha esperará que estejam terminadas todas as investigações antes de tirar conclusões sobre as ações da tripulação e decidir sobre condecorações por heroísmo ou eventuais medidas disciplinares.

    Mais:

    Latas flutuantes: EUA completarão sua Marinha com navios velhos
    Marinha dos EUA recebeu o navio de guerra mais caro do mundo
    Tags:
    morte, vítimas, colisão, USS Fitzgerald, Marinha dos EUA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik