20:33 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Rex Wayne Tillerson, secratário de estado dos EUA

    Tillerson teria elaborado plano das futuras relações com a Rússia

    © AP Photo/ Evan Vucci
    Américas
    URL curta
    640

    O chefe da diplomacia norte-americana, Rex Tillerson, elaborou um plano destinado a construir as futuras relações com a Rússia, informou o portal BuzzFeed citando um alto funcionário do Departamento de Estado dos EUA.

    "Neste momento, as relações entre os Estados Unidos e a Rússia estão na sargeta. Queremos garantir que não caiam no esgoto", disse ao Buzzfeed o funcionário.

    O plano, um documento classificado que não foi apresentado até agora à imprensa, baseia-se em três pontos: primeiro, dissuadir Moscou de ações agressivas contra os EUA, porque Washington vai responder; segundo, estabelecer um diálogo sobre temas de interesse estratégico como o conflito na Síria, o programa de armas nucleares da Coreia do Norte, a segurança cibernética; e, terceiro, sublinhar a importância da "estabilidade estratégica" com a Rússia, um termo que compreende objetivos geopolíticos comuns a longo prazo como o controle de armas, principalmente as nucleares.

    A diferença-chave deste plano do elaborado em 2015 pela administração de Barack Obama é que não tem referência explícita à necessidade de fomentar a "capacidade de resistência" nos vizinhos da Rússia, uma política que no passado incluía a expansão da OTAN para leste e "apoio à democracia" em diferentes países.

    O Departamento de Tillerson, segundo Buzzfeed, é o principal autor da nova estratégia em relação à Rússia, enquanto na época de Obama era o Conselho de Segurança Nacional que coordenava o trabalho de vários órgãos nesta área.

    O Departamento de Estado não comentou até agora o conteúdo do plano nem confirmou a sua existência a nível oficial.

    Mais:

    Oriente Médio primeiro: Tillerson cancela viagem ao México para tratar da crise no Qatar
    Lavrov sobre derrubada do avião sírio: Rússia apela para que EUA evitem ações unilaterais
    Tags:
    relações bilaterais, Departamento de Estado dos EUA, Rex Tillerson, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik