03:24 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    General aposentado da Infantaria da Marinha e Secretário de Defesa norte-americano, James Mattis

    Rússia e China desafiam o domínio militar dos EUA, diz secretário Mattis

    © REUTERS/ Mike Blake
    Américas
    URL curta
    222210

    O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, disse nesta segunda-feira que a Rússia e a China estão desafiando o domínio militar dos norte-americanos no mundo, graças a avanços com novos sistemas no mar, terra e ar.

    “Nosso comando dos mares está ameaçado por redes de batalhas de munições guiadas de longo alcance e terrestres projetadas para atacar nossos navios em intervalos cada vez mais longos”, informou Mattis, em comunicado ao Comitê de Serviços Armados da Câmara dos EUA.

    “Nossa superioridade submarina, inquestionável desde o fim da Guerra Fria, e uma vantagem competitiva chave, é desafiada tanto pela Rússia como pela China”, emendou o secretário de Defesa, que preparou a avaliação como parte do pedido orçamentário para 2018 do setor da Defesa norte-americana.

    Mattis ainda disse que ficou “chocado” com a falta de preparo e prontidão das forças militares dos EUA, cenário que encontrou ao assumir a pasta neste ano, indicado pelo presidente republicano Donald Trump.

    “Eu me aposentei do serviço militar três meses após o sequestro entrou em vigor”, disse Mattis ao comitê, referente aos limites orçamentários.

    “Quatro anos depois, voltei ao Departamento (da Defesa) e fiquei chocado com o que vi com nossa prontidão para lutar. Por todos os sofrimentos causados pela perda de nossas tropas durante essas guerras, nenhum inimigo no campo fez mais para prejudicar a prontidão dos nossos militares do que o sequestro”.

    O secretário disse esperar que os parlamentares entendam o que está em jogo e liberem os pedidos feitos pela pasta. “Nos levou anos para entrar nesta situação. Isso exigirá anos de orçamentos estáveis e aumento do financiamento para sair disso”, finalizou.

    Mais:

    Daesh e instabilidade no Oriente Médio são culpa dos EUA, diz iraniano Khamenei
    'Propaganda russa' está destruindo o exército dos EUA, segundo revista norte-americana
    Analista menciona armas da Rússia e China que podem destruir porta-aviões dos EUA
    Tags:
    Guerra Fria, conflitos, guerra, Defesa, armamentos, Departamento de Defesa dos EUA, Câmara dos Deputados dos EUA, Donald Trump, James Mattis, China, Rússia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik