17:30 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    19 0 0
    Nos siga no

    Um segundo tribunal de apelação dos Estados Unidos decidiu nesta segunda-feira (12) contra a proibição temporária de viagem do presidente Donald Trump que visa cidadãos de seis países de maioria muçulmana, mantendo a decisão de uma corte inferior.

    Segundo o governo dos EUA, o bloqueio seria de 90 dias e serviria para revisar as regras e controles de entrada de migrantes no país.

    Um painel de três juízes do 9º Tribunal de Apelação do Circuito dos EUA em São Francisco decidiu de maneira unânime que o presidente violou a lei de imigração ao discriminar as pessoas com base na sua nacionalidade e que a Trump não mostrou que sua entrada no país prejudicaria os interesses estadunidenses.

    Outro Tribunal de Apelação na Virgínia havia tomado uma decisão no mesmo sentido no dia 25 de maio.

    No primeiro dia de junho, Trump levou o caso até a Suprema Corte e espera conseguir autorização da mais poderosa instância do judiciário para implementar sua política.

    Mais:

    População dos EUA confia mais em James Comey do que em Trump, indica pesquisa
    Trump acusa ex-diretor do FBI de covardia
    Qatar estranha as críticas de Trump, após décadas de cooperação militar
    Neta de Trump de 5 anos já sabe quem vai ser quando crescer
    Número de turistas nos EUA caiu 16%. É culpa de Donald Trump?
    Alô, Trump: Merkel diz no México que 'muros não resolvem problemas'
    Presidente da Comissão da UE: compreensão de política de Trump é diferente da nossa
    Tags:
    Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar