11:17 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Ex-diretor do FBI, James Comey (Arquivo)

    Ex-diretor do FBI: Trump pediu para 'dar um fim' na investigação sobre interferência russa

    © REUTERS / Joshua Roberts
    Américas
    URL curta
    2001
    Nos siga no

    O ex-diretor do FBI, James Comey, revelou que o presidente dos EUA, Donald Trump, chegou a propor 'dar um fim' na investigação sobre a suposta investigação sobre a interferência russa nas eleições norte-americanas.

    "Na manhã do dia 30 de março, o presidente me telefonou no escritório do FBI. Ele descreveu a investigação referente à Rússia como uma 'nuvem' que ameça as suas possibilidades de agir nos interesses do país. E disse que não tem nenhuma relação com a Rússia, não teve nenhuma relação ao caso da prostitutas na Rússia e sempre supunha que estava sendo gravado, durante a sua visita à Rússia", afirmam as declarações escritas de Comey ao Congresso dos Estados Unidos.  

    "Ele perguntou sobre o que poderíamos fazer para 'dar um fim nessa nuvem'. Eu respondi que estamos investigando o mais rápido possível e que será muito positivo, se não for encontrado nada e se fizemos bem o nosso trabalho", revela Comey, que vai depor para os congressistas na quinta-feira.

    Comey destacou que Trump, no fim da conversa, disse novamente que é necessário de livrar da "nuvem" da investigação russa.

    "Eu respondi dizendo que verei o que pode ser feito, e que faríamos o nosso trabalho de investigação o mais rápido e da melhor forma possível", escreveu Comey.

    O portal BuzzFeed publicou um relatório anônimo, que acusava Trump de ter recebido financiamento da Rússia. Trump declarou não possuir nenhum negócio na Rússia e que a Rússia nunca exerceu pressão sobre ele. Os serviços secreto norte-americanos tampouco confirmaram o conteúdo das acusações.

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou não acreditar na possibilidade de Trump, que organizou concursos de beleza durante anos, ter convidado para o seu hotel, em Moscou, "mulheres de baixa responsabilidade social", segundo foi descrito por BuzzFeed.

    Mais:

    WikiLeaks revela novos documentos secretos da CIA e busca gravações do ex-diretor do FBI
    Genro de Trump é alvo da investigação do FBI sobre as supostas 'conexões russas' de Trump
    Chanceler russo Sergei Lavrov nega ter discutido demissão do chefe do FBI com Donald Trump
    Ex-chefe do FBI vai investigar suposta influência russa nas eleições dos EUA
    Tags:
    nuvem, Congresso dos EUA, FBI, Donald Trump, James Comey, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar