12:32 24 Maio 2017
Ouvir Rádio
    Um manifestante atira um coquetel Molotov, durante os protestos contra o governo em Caracas, na Venezuela, em 10 de abril de 2017

    Conflitos na capital venezuelana deixam mais de 50 feridos

    © REUTERS/ Carlos Garcia Rawlins
    Américas
    URL curta
    1134811

    Mais de 50 pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira em confrontos entre forças de segurança e opositores do governo venezuelano na capital do país, Caracas, segundo a mídia local.

    Gerardo Blyde, governador do distrito de Baruta, em Caracas, disse que 34 pessoas foram internadas em centros de saúde depois de confrontos em uma grande rodovia.

    Dois dos feridos em confrontos com as forças da Guarda Nacional sofreram lesões faciais, disse Blyde, acrescentando que não havia feridos em estado grave. Vinte e quatro pessoas foram levadas para clínicas na municipalidade de Chacao.

    Segundo os relatos, uma briga aconteceu depois que uma multidão de manifestantes contrários ao presidente Nicolás Maduro marchou em direção do Ministério do Interior para exigir o fim dos ataques contra os opositores.

    A oposição venezuelana convocou grandes manifestações no início de abril, depois da Suprema Corte ter assumido poderes da Assembléia Nacional, controlada pela oposição. A decisão foi revertida dias depois.

    Mais:

    Embaixador da Venezuela na ONU diz que seu país não representa risco para a paz
    Parlamento da Venezuela: inflação no ano já é de 92,8%
    Brasil e mais 7 países latino-americanos condenam violência contra civis na Venezuela
    35 pessoas morreram em um mês de protestos na Venezuela
    Crise na Venezuela: fenômeno estrutural ou sintoma da queda esquerdista?
    Tags:
    manifestação, protestos, Nicolás Maduro, Caracas, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik