07:15 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Destróier Lassen da marinha dos EUA

    Almirante dos EUA quer aumentar frota para não ficar atrás da Rússia

    © REUTERS/ Marinha dos EUA
    Américas
    URL curta
    11310

    Estados Unidos tem que ampliar sua frota para ser capaz de concorrer com países como China e Rússia, considera o chefe do Estado-Maior da Marinha dos EUA, almirante John Richardson.

    "Tanto a China quanto a Rússia podem concorrer à escala global em todas as áreas e com velocidade concorrencial. Ambos os países têm forças espaciais, cibernéticas e nucleares significativas", diz Richardson, citado pela edição Defense News.

    Segundo ele, a Rússia e China "desafiam a influência e os interesses americanos" em várias partes do mundo, muito frequentemente em espaços marítimos. Richardson dá como exemplo o fato de a Rússia ter ampliado a zona de suas operações marítimas nos mares Báltico, Negro, Mediterrâneo e Cáspio. Em particular, ele mencionou que a Rússia manteve e modernizou sua frota submarina e no mês passado lançou à água seu segundo submarino nuclear do projeto Yasen.

    "Temos que agir com urgência para alcançar indicadores mais elevados da Marinha o mais rápido possível", declarou almirante.

    "O aumento da Marinha pressupõe o aumento do número de navios. Neste momento, o nosso objetivo é uma frota que conte com 310 navios. Se olharmos para a previsão de longo prazo, veremos que para ultrapassar estes limites temos que construir mais navios", acrescentou ele. O próximo objetivo, segundo o almirante, tem que ser atingir a quantidade de 355 navios.

    A declaração de Richardson foi feita na véspera da publicação do novo Livro Branco da Marinha dos EUA, destaca a Defense News.

    O presidente Trump, antes de ser eleito, prometeu aumentar a frota da Marinha dos EUA para 350 navios.

    Facebook

    Procure a página Sputnik Brasil no Facebook e descubra as notícias mais importantes. Curta e compartilhe com seus amigos. Ajude-nos a contar sobre o que os outros se calam!

    Mais:

    Porta-helicópteros japonês é enviado para escoltar navios da Marinha dos EUA
    Como pode Frota russa do Pacífico responder à Marinha dos EUA?
    SEALs da Marinha dos EUA se juntam a exercícios da Coreia do Sul
    Tags:
    submarino nuclear, Marinha dos EUA, China, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik