23:47 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Foto de Joaquin Guzman Loera, apelidado de El Chapo, tirada pela polícia mexicana em 8 de janeiro de 2016

    Justiça dos EUA determina que 'El Chapo' deve continuar na solitária

    © AFP 2017/ HO
    Américas
    URL curta
    445911

    O narcotraficante Joaquim "El Chapo" Guzmán deverá seguir em confinamento solitário para impedir que volte a contralar seu cartel de drogas, decidiu a Justiça dos EUA.

    El Chapo, que se notabilizou por suas espetaculares fugas do cárcere, foi transferido do México para os EUA em 19 de janeiro deste ano. O juiz federal Brian Cogan negou uma petição dos advogados do narcotraficante pedindo sua liberação da ala de segurança máxima de seu presídio em Nova York. A cela de El Chapo tem 22 metros quadrados.

    O juiz também negou um pedido da Anistia Internacional para visitar a cela do preso alegando que "não há nenhuma razão" para a inspeção.

    O confinamento solitário é necessário "para garantir que o acusado não possa coordenar uma fuga da prisão, dirigir atos de violência contra cooperadores ou dirigir qualquer aspecto das atividades do cartel de Sinaloa", escreveu o juiz.

    Cogan, entretanto, concedeu autorização para o mexicano, de 59 anos, se comunicar com sua esposa, Emma Coronel, 27 anos, mãe de dois filhos seus. As cartas deverão ser inspecionadas por agentes federais.

    Mais:

    Rival de Trump nas eleições quer erguer muro com México com dinheiro de 'El Chapo'
    México aprova extradição de El Chapo para os EUA
    Narcotraficante El Chapo reclama das condições sanitárias na cadeia
    México pretende interrogar ator Sean Penn por este ter entrevistado ‘EL Chapo’
    Tags:
    Brian Cogan, El Chapo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik