09:18 28 Maio 2017
Ouvir Rádio
    O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, ouve o ministro russo das Relações Exteriores, Sergey Lavrov.

    Quais são as diferenças entre Rex Tillerson e John Kerry? Diplomata russo responde

    © AP Photo/ Alexander Zemlianichenko
    Américas
    URL curta
    111886163

    O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, é um "brilhante negociador" com "forte carisma" e está muito à frente de seu antecessor, John Kerry, disse à Sputnik um diplomata russo anônimo que acompanhou a visita da autoridade americana a Moscou.

    Durante sua primeira reunião em Moscou, Lavrov e Tillerson conseguiram transmitir a sua visão das relações bilaterais e das principais questões internacionais.

    "[Tillerson] tem uma personalidade forte. Ele não gosta de se envolver muito com a imprensa, mas é um negociador brilhante e muito carismático também", disse a fonte ao Sputnik, acrescentando que o ex-diplomata norte-americano, John Kerry, não é páreo para seu sucessor.

    Ele também elogiou Rex Tillerson por estar "muito à altura" sobre os assuntos em questão. O secretário foi CEO da maior empresa de petróleo do mundo, a ExxonMobil, por mais de uma década.

    Durante as suas reuniões com o ministro das Relações Exteriores Sergei Lavrov e depois com o presidente Vladimir Putin,  o secretário discutiu os laços bilaterais, métodos de combate ao Daesh (autodenominado Estado Islâmico) e outros grupos terroristas na Síria, a resolução do conflitos sírio, israelo-palestino, iemenita, líbio e afegão, a situação na Península da Coreia bem como a da Ucrânia.

    Após as tratativas com Lavrov, os ministros disseram que outras questões discutidas incluíram o estado atual das relações russo-americanas, cooperação política internacional, cibersegurança, desarmamento e terrorismo internacional.

    Ambas as partes afirmaram que o encontro foi construtivo, pois conseguiram se informar sobre suas opiniões sobre as relações bilaterais e os grandes problemas internacionais. Lavrov, em particular, disse que Moscou viu com bons olhos a prontidão dos Estados Unidos em apoiar uma investigação internacional dos acontecimentos de 4 de abril em Idlib.

    Tillerson, por sua vez, disse que Washington e Moscou concordaram que deveria haver mais comunicação de alto nível entre os dois países.

    Mais:

    Tillerson: 'Não há espaço para Assad na resolução do conflito sírio'
    Putin se encontra com o secretário de Estado norte-americano Rex Tillerson
    Lavrov: 'As relações entre os EUA e a Rússia estão sendo sabotadas'
    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Daesh, ExxonMobil, Estado Islâmico, Rex Tillerson, Sergei Lavrov, John Kerry, Vladimir Putin, Península da Coreia, Estados Unidos, Idlib, Palestina, Líbia, Iêmen, Coreia do Norte, Afeganistão, Síria, Israel, Moscou, Ucrânia, Washington, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik