16:46 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    WikiLeaks

    WikiLeaks publica 3ª parte de Vault 7, o vazamento de dados da CIA

    © AFP 2017/ THOMAS COEX
    Américas
    URL curta
    293070

    O site WikiLeaks publicou nesta sexta-feira (31) a terceira parte do vazamento chamado de Vault 7, "a maior divulgação de dados de inteligência na história".

    Na última parte da publicação Vault 7, destinada a revelar documentos classificados que demostram o suposto projeto de espionagem da CIA, o WikiLeaks desvenda as táticas de pirataria informática da agência.

    De acordo com o comunicado de imprensa do WikiLeaks, a terceira parte do vazamento, chamada "Marble", contem 676 códigos de fontes.

    "O 'Marble' é usado para prejudicar investigadores forenses e empresas de antivírus através da atribuição de vírus, troianos e ataques de hackers à CIA".

    O WikiLeaks afirmou que o Marble foi usado pela agência durante 2016.

    De acordo com a organização, o quadro esconde "fragmentos de texto usados no software malicioso da CIA da inspeção visual".​

    O Marble foi desenvolvido para "permitir a ofuscação flexível e fácil de usar", já que os "algoritmos de ofuscação de sequência (especialmente aqueles que são únicos) são frequentemente usados para vincular o software malicioso a um desenvolvedor ou gabinete de desenvolvimento específico.

    O Marble tem exemplos de teste não apenas em inglês, mas também em outras línguas, incluindo o russo, chinês, farsi, árabe e coreano.

    "Isso permite fingir que a linguagem falada do criador do software malicioso não era o inglês americano, mas o chinês, mas depois são mostradas tentativas de esconder o uso do chinês, o que faz com que os investigadores forenses tirem conclusões ainda mais erradas."

    "O programa também tem outras funções, como ocultar falsas mensagens de erro", diz o comunicado.

    Mais:

    'Inteligência russa não teve contato com o Wikileaks', conclui FBI
    'Eu não falo com Assange': Snowden nega ter qualquer ligação com WikiLeaks
    Wikileaks avisa: Não vazou nem 1% do que tem em mãos ainda
    Tags:
    vazamento, vírus, espionagem, CIA, WikiLeaks, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik