07:10 21 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Vice-presidente dos EUA, Joe Biden

    Choro pelo leite derramado: Biden se arrepende por não ter se candidatado à presidência

    © AP Photo / Steven Senne
    Américas
    URL curta
    936

    O ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta sexta-feira que lamentou não ter concorrido à presidência nas eleições de 2016, acrescentando que tinha uma boa chance de vencer a corrida.

    Durante um discurso na Universidade de Colgate, em Hamilton, Nova Iorque, Biden disse que ele era "o mais qualificado" para a posição e que se ele tivesse conseguido garantir a indicação democrata, ele provavelmente teria vencido contra Donald Trump.

    "Eu tinha planejado concorrer à presidência e, embora tivesse uma primária muito difícil, acho que poderia ter vencido", disse ele. "Eu não sei, talvez não, mas eu pensei que poderia ter vencido. Eu tinha muitos dados e eu estava bastante confiante de que se eu fosse o candidato do Partido Democrata, eu tinha uma chance melhor de ser presidente".

    O ex-vice-presidente explicou que não pensava que tinha tomado a decisão errada, que ficar fora da corrida lhe permitiu passar mais tempo com sua família e chegar guardar luto pela perda de seu filho Beau Biden, que morreu depois de lutar contra um câncer.

    "Mas eu lamento não ser presidente?" Sim", Biden admitiu.

    Embora Beau tivesse exortado seu pai a desistir, o velho Biden disse que não teria sido capaz de prestar atenção ao processo eleitoral apenas alguns meses depois de ter "perdido parte da minha alma" com a morte de seu filho.

    Em uma de suas primeiras aparições públicas desde que deixou o cargo em janeiro, Biden também compartilhou seus pensamentos sobre por que o Partido Democrata havia falhado, dizendo que era um erro ignorar os eleitores da classe trabalhadora e se concentrar em combater Trump.

    Biden mencionou em entrevistas anteriores que ele pode concorrer à presidência em 2020.

    Mais:

    Bloomberg: vida da Ucrânia será difícil sem Tio Sam e 'tio Joe' Biden
    Vice-presidente Biden chorando vira meme nas redes sociais
    Biden: Trump deve cooperar com a Rússia, mas com ressalvas
    Tags:
    Partido Democrata, Universidade de Colgate, Donald Trump, Beau Biden, Joe Biden, Nova Iorque, Hamilton
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar