11:54 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    US Marine Sergeant Dies in South Korea After ‘Key Resolve’ War Games

    Sargento americano morre durante simulação de guerra na Coreia do Sul

    US Marines
    Américas
    URL curta
    20813

    Um oficial dos EUA com base em Okinawa morreu em um treinamento no domingo, enquanto estava na Coreia do Sul participando de um exercício conjunto de treinamento militar.

    O sargento major Timonthy J. Rudd, de 44 anos, recrutado pelo 3º Grupo de Logística Marítima, participava da "Key Resolve", uma simulação de guerra a alvos norte-coreanos, no momento da sua morte. O exercício decorreu de 7 a 18 de março e envolveu ativos terrestres, aéreos, navais e de operações especiais, informou Military.com.

    Nesta terça-feira, os militares emitiram uma declaração dizendo que Rudd "morreu de um incidente não relacionado ao combate", mas não forneceu mais detalhes.

    "O sargento-major Rudd concedeu 27 anos de serviço dedicado ao Corpo de Fuzileiros Navais, e foi uma honra trabalhar com ele. Sua morte é uma grande perda para o Regimento e para o Corpo Militar", escreveu o coronel Christopher A. Feyedelem, comandante do Regimento da Sede, 3º MLG. "Nossos pensamentos e orações estão com sua família, amigos e colegas de trabalho".

    Rudd ingressou no Corpo de Fuzileiros Navais em 1990, onde treinou como assaltante de infantaria. Ele foi enviado duas vezes para o Afeganistão e tinha recebido a Medalha de Serviço Meritório com uma estrela de ouro, a Medalha de elogio do Corpo de Fuzileiros Navais com duas estrelas de ouro, uma medalha de elogio do Exército, uma Medalha de Realização do Corpo de Fuzileiros Navais  e uma Fita da ação do combate.

    A Key Resolve é realizada anualmente pelos militares dos EUA e da Coreia do Sul.
    Tags:
    Key Resolve, Corpo de Fuzileiros Navais, Marinha dos EUA, 3º Grupo de Logística Marítima, Timonthy J. Rudd, Okinawa, Texas, Estados Unidos, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik