02:53 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    James Comey, diretor do FBI

    Comitê Nacional do Partido Democrata impediu o acesso do FBI aos sistemas hackeados

    © East News/ AP Photo/Steven Senne
    Américas
    URL curta
    236382

    O Comitê Nacional Democrata dos EUA nunca permitiu que o FBI tivesse acesso direto aos seus sistemas de computador, supostamente hackeados pela Rússia, disse nesta segunda-feira, perante uma comissão de Congresso, o diretor do FBI, James Comey.

    "O Comitê Nacional Democrata contratou uma empresa que partilhou conosco os resultados da perícia”, admitiu Comey durante uma audiência do Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes.

    "Eu nunca tive acesso às próprias máquinas", acrescentou.

    O chefe do FBI disse ao Congresso que a liderança do Partido Democrata negou a seus agentes o acesso direto aos computadores hackeados, apesar de "várias solicitações”.

    Comey reconheceu que houve um atraso de 10 meses a partir do momento em que o FBI notificou oficialmente o ciberataque ao Comitê Nacional Democrata.

    O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, negou que a Rússia teria sido a fonte do material vazado e afirmou que este partiu de dentro do Comitê Nacional Democrata.

    Mais:

    Donald Trump muda o discurso e diz acreditar que Rússia hackeou comitê democrata
    Político democrata: Clinton propagou boato sobre envolvimento russo nas eleições dos EUA
    WikiLeaks hackeado após publicação das cartas do Comitê Nacional Democrata
    Hacker vaza novos documentos secretos do Partido Democrata dos EUA
    Tags:
    ciberataque, Comitê Nacional Democrata, FBI, James Comey, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik