03:45 27 Março 2017
Ouvir Rádio
    Os soldados do exército dos EUA da 101ª Divisão Aerotransportada

    Exército dos EUA terá 28 mil soldados a mais até setembro

    © AFP 2017/ FILES DAVID FURST
    Américas
    URL curta
    535513

    O Exército dos EUA acrescentará 28 mil novos soldados antes do final do ano fiscal, em 30 de setembro, disse o diretor da Gerência de Pessoal Militar, general Jason Evans, em comunicado de imprensa nesta segunda-feira.

    O Exército ativo aumentará em 16.000, a Guarda Nacional do Exército acrescentará 8.000 soldados e a Reserva do Exército aumentará em 4.000 pessoas.

    "O Exército está contratando, e a força final adicionada permitirá ao Exército aumentar a tripulação em suas unidades táticas, aperfeiçoando a prontidão geral", afirmou Evans.

    No total, o Exército contará com 1.018.000 soldados após o aumento. As tropas adicionais foram previstas sob a Lei de Autorização de Defesa Nacional de 2017 (NDAA), que fixou o orçamento militar para o ano fiscal atual. Mais soldados é uma promessa de campanha de Donald Trump, que espera transformar as forças americanas no "aparato militar mais poderoso da história".

    Mais:

    Washington chama exército dos EUA de 'melhor de toda a história da humanidade'
    Tribunal Penal Internacional: CIA e exército dos EUA praticaram tortura no Afeganistão
    General americano: Exército dos EUA continua sendo equipado com armas dos anos 80
    Confira os 5 problemas mais graves do exército dos EUA
    Tags:
    NDAA, Lei de Autorização de Defesa Nacional, Exército dos EUA, Gerência de Pessoal Militar, Reserva do Exército, Guarda Nacional do Exército, Donald Trump, Jason Evans, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik