13:42 26 Maio 2017
Ouvir Rádio
    Simpatizante do fundador do WikiLeaks Julian Assange segurando uma cópia do The WikiLeaks Files

    'Inteligência russa não teve contato com o Wikileaks', conclui FBI

    © REUTERS/ Toby Melville
    Américas
    URL curta
    153850

    Funcionários russos de inteligência não se comunicaram diretamente com o site de vazamentos WikiLeaks durante a eleição presidencial de 2016, disse o diretor do Federal Bureau of Investigation (FBI), James Comey.

    A administração de Barack Obama insistia na versão de que autoridades russas trabalharam em conjunto com o site coordenado por Julian Assange para divulgar e-mails de campanha da democrata Hillary Clinton.

    O diretor do FBI, porém, não descartou que a Rússia esteve em colaboração com o site. O contato, porém, teria sido intermediado na versão americana.

    "Nós avaliamos que eles usaram algum tipo de atalho, eles não entraram em contato diretamente com WikiLeaks", disse o funcionário em audiência perante o Comitê de Inteligência da Câmara.

    Nenhuma prova foi apresentada desde o início das acusações de "interferência russa" no pleito americano de 2016.

    Mais:

    WikiLeaks contra presidenciáveis franceses: quem é 'agente do Kremlin' afinal?
    Clássico: sem provas, acusações alegam ligação entre WikiLeaks e Rússia
    'É mentira': Assange sobre ligação da Rússia com publicações do WikiLeaks
    Tags:
    Comitê de Inteligência da Câmara, FBI, WikiLeaks, Hillary Clinton, Julian Assange, Barack Obama, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik