12:59 22 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, durante sua sabatina no Senado, Washington, 11.01.2017

    Senado dos EUA exige investigação das atividades políticas de Soros e de Obama no exterior

    © AP Photo/ J. Scott Applewhite
    Américas
    URL curta
    131717190

    Um grupo de senadores norte-americanos assinou uma carta aberta, exigindo do secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, que inicie uma investigação sobre as missões dos EUA no exterior que intervêm em assuntos internos de outros países, apoiando grupos políticos de esquerda.

    Segundo a carta publicada na terça-feira, os fundos distribuídos pelos programas da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) na Albânia e na Macedônia foram usados ​​para intervir na política local, bem como "na formação do ambiente midiático e civil, favorecendo grupos políticos de esquerda sobre os outros".

    As atividades foram impulsionadas por grupos associados à USAID e à Open Society Foundations de George Soros, acrescentaram os legisladores.

    Os senadores alertaram contra os efeitos desestabilizadores dessas ações, especialmente porque a Albânia estará realizando eleições parlamentares em junho de 2017.

    "Respeitosamente pedimos que use a sua autoridade para investigar todos os fundos associados com a promoção da democracia e da governança e que reveja os programas, as contas e o número de entidades dos EUA envolvidos em tais atividades. Devemos aproveitar este momento crítico — o início de uma nova administração — e analisar como os nossos impostos estão sendo usados ​​de modo a deter atividades que estão fomentando o descontentamento político, desrespeitando a soberania nacional e a sociedade civil, bem como enfraquecendo nossas tentativas de construir relacionamentos internacionais positivos", diz a carta.

    A carta foi assinada por seis senadores republicanos de seis estados diferentes, incluindo Ted Cruz, senador do Texas e ex-pré-candidato republicano nas eleições presidenciais de 2016.

    A USAID é uma agência governamental criada em 1961 pelo presidente John Kennedy. O principal objetivo da agência é administrar o auxílio externo a civis e "permitir que as sociedades democráticas e resilientes realizem seus potenciais".

    A Open Society Foundations (OSF) é uma rede internacional de subvenções com filiais em 37 países. O seu trabalho visa construir "sociedades vibrantes e tolerantes, cujos governos sejam responsáveis ​​e abertos à participação de todas as pessoas". Fundada em 1979, as despesas da fundação ao longo das últimas três décadas ascendem a mais de US$13 bilhões.

    Mais:

    Já basta! Governos europeus se manifestam cada vez mais contra Soros
    Ativistas americanos culpam Obama e Soros de terem fabricado Maidan
    Americanos assinam petição pedindo a Trump para expulsar Soros dos EUA
    Trump chama Obama de fraco 'esmagado' pela Rússia
    Obama x Brasil: amigos, amigos, escutas à parte
    Tags:
    interferência estrangeira, soberania, Open Society Foundations, USAID, Rex Tillerson, George Soros, Barack Obama, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik