11:48 24 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Base militar americana com armas nucleares (foto de arquivo)

    Chefe do Comando Estratégico dos EUA: Rússia possui mais armas nucleares do que os EUA

    © AP Photo / Juan Carlos Llorca
    Américas
    URL curta
    20252

    O arsenal de armas táticas da Rússia excede significativamente as reservas norte-americanas destas armas mas os militares dos EUA estão convencidos de que podem conter eficazmente os seus adversários com as forças disponíveis, comunicou na quarta-feira o general John Hyten, o chefe do Comando Estratégico dos EUA.

    "Eles têm grande quantidade, nós temos uma quantidade menor", comunicou Hyten respondendo perante o Congresso à questão sobre o número de armas nucleares táticas. 

    Hyten prometeu divulgar informação mais precisa durante as audiências privadas. 

    "Acho que nossas reservas permitem realizar uma contenção estratégica eficaz", comunicou o general, acrescentando estar preocupado com as ações da Rússia, embora não esclarecesse com quais. Ele acha necessário negociar o controle de armamentos com a Rússia, China, e outros jogadores. 

    As armas nucleares táticas se distinguem pela sua pequena potência. Essa categoria inclui bombas aéreas, mísseis táticos, projéteis, minas, torpedos e outras munições com raio de ação local. 

    As armas táticas não são abrangidas pelos acordos da limitação de arsenais nucleares. Hyten acrescentou nas audições que as armas nucleares táticas, bem como as estratégicas, possuem um potencial estratégico porque qualquer possível utilização destas armas pode provocar uma escalada da situação. 

    Mais:

    Opinião: EUA poderão instalar armas nucleares em órbita
    National Interest: Como EUA pretendem competir com Rússia na área das armas nucleares?
    Tags:
    munição, mísseis, minas, bombas, escalada, armamentos, controle, reservas, opinião, armas nucleares, Congresso, John Hyten, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar