09:11 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Nils Bildt

    Fox News convida falso conselheiro de defesa sueco para explicar atentado de Trump

    © Foto: Youtube/NedtheDestroyer
    Américas
    URL curta
    13120115

    Após as observações do presidente dos EUA sobre a suposta crise de segurança na Suécia, a Fox News tentou chegar ao fundo do que realmente está acontecendo lá. Em uma reviravolta irônica, o "conselheiro sueco de defesa e segurança nacional", que o canal convidou acabou por ser um completo estranho aos serviços de defesa do país.

    Em 23 de fevereiro, a Fox News exibiu um episódio do programa Bill O'Reilly com Nils Bildt, apresentado como um "conselheiro de defesa e segurança nacional sueco". O programa teve como objetivo explicar a situação que o presidente dos EUA, Donald Trump, se referiu na semana passada, quando, falando em um comício na Flórida, Trump insinuou uma crise de segurança que teria se desenrolado na Suécia na noite anterior.

    Ninguém entendeu do que Trump estava falando, inclusive a própria embaixada da Suécia em Washington, que pediu ao líder americano que esclarecesse o que exatamente ele queria dizer. Mais tarde, Trump foi para o Twitter explicar onde ele tinha obtido suas informações: Fox News.

    ​Minha declaração sobre o que está acontecendo na Suécia foi em referência a uma reportagem que foi transmitida na @FoxNews sobre imigrantes e Suécia.

    O ex-primeiro-ministro sueco, Carl Bildt superou todos os outros comentários dizendo que "no ano passado houve aproximadamente 50% mais assassinatos apenas em Orlando / Orange na Flórida, onde Trump falou outro dia, do que em toda a Suécia".

    A Fox News, o próprio veículo que forneceu ao Trump a reportagem sobre o "caos" na Suécia, levou uma semana para encontrar um autêntico analista que explicasse de uma vez por todas o que realmente está acontecendo no país escandinavo. Infelizmente, a pessoa que apresentaram como um "conselheiro de defesa e segurança nacional" é conhecido como tal apenas para a equipe Fox News, como funcionários suecos nunca ouviram falar do misterioso Nils Bildt.

    ​Fox News "Expert" sueco Nils Bildt para discutir a Suécia. Problema? Não é um "conselheiro sueco de Segurança Nacional", tem uma condenação criminal nos EUA.

    O jornal sueco Dagens Nyheter citou Marie Pisäter, funcionária do Ministério da Defesa da Suécia, dizendo que ninguém com o nome de Nils Bildt trabalha lá. O jornal entrou em contato com o Foreign Office, que também negou ter este homem no emprego.

    Além disso, um analista de defesa sueco Johan Wiktorin (citado como tal na tomada de notícias sueca Expressen) refutou qualquer conhecimento de um colega chamado Nils Bildt.

    Então, quem é Nils Bildt? De acordo com a mídia sueca, o homem nascido Nils Tolling, emigrou para os EUA em 1994, mudando seu nome de família para Bildt em 2003. Ele dirige várias empresas de segurança nos EUA. O jornal também citou um processo judicial de 2014 contra um certo Nils Tolling, alegando que foi Bildt que foi preso por obstrução à justiça e agressão. Bildt se recusou a comentar esta questão em um e-mail para o jornal, dizendo que ele não estava ciente das alegações.

    David Tabacoff, produtor executivo do programa de Bill O'Reilly, tentou explicar a escolha da rede de um especialista: "Nosso booker fez inúmeras perguntas e falou com pessoas que recomendaram Nils Bildt e depois de entrevistá-lo e revisar sua biografia, nós concordamos que ele seria um bom convidado para o tema naquela noite".

    Em um e-mail para Dagens Nyheter, Bildt explicou o erro: "Foi um editor da Fox News que usou este título — eu não tinha controle sobre a escolha do título." Eu sou um analista independente baseado nos EUA.

    A Fox prometeu que Bill O'Reilly abordaria a questão em seu programa na segunda-feira. Dado o recorde recente de Fox de cobrir tópicos suecos, só se pode adivinhar o que a âncora vai dizer.

    Mais:

    'Piada': Oposição de Trump contra CNN e NYT continua
    Tags:
    Expressen, Ministério da Defesa da Suécia, Dagens Nyheter, FOX News, Dagens Nyheter, Nils Tolling, Johan Wiktorin, Marie Pisäter, Carl Bildt, Nils Bildt, Bill O'Reilly, Estados Unidos, Orange County, Orlando, Washington, Flórida, Suécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik