15:02 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Soldados das forças de paz da ONU no Mali

    EUA querem parar maioria das missões da ONU

    © flickr.com / UN Mission in Mali
    Américas
    URL curta
    5115

    A representante permanente dos EUA junto às Nações Unidas, Nikki Haley, está estudando as operações de paz da ONU, o que pode levar à sua redução, informa a AFP citando fontes diplomáticas.

    O Senado dos EUA aprovou a ex-governadora da Carolina do Sul, Nikki Haley, no cargo em 25 de janeiro.

    Um diplomata do Conselho de Segurança disse, em condição de anonimato, que Haley está estudando todas as 16 missões da ONU e que encara a eficácia da maioria delas "com bastante ceticismo".

    Anteriormente, Haley tinha anunciado a intenção de reduzir o financiamento norte-americano das missões de paz da ONU para que o valor do país constituísse menos de 25% do orçamento geral. Agora, este valor é de 29%. Outros países devem ter mais responsabilidade nesse aspecto, acredita Haley.

    Segundo o diplomata, as missões da ONU no Haiti e na Libéria serão encerradas.

    De acordo com a agência, o chefe do Departamento das Operações de Manutenção de Paz, Hervé Ladsous, vai ao Haiti na semana seguinte para avaliar a missão.

    Quando foi proposta para o cargo na ONU, Nikki Haley propunha cortar o financiamento norte-americano da ONU. Entretanto, nas audições no Senado ela elogiou as atividades da ONU, em particular, algumas missões de paz.

    Mais:

    Preço alto: EUA só retiram sanções se Rússia devolver Crimeia
    Representante russo na ONU: Se o Reino Unido quer consciência limpa, devolvam as Malvinas
    Tags:
    manutenção da paz, ONU, Nikki Haley, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar