00:00 19 Junho 2018
Ouvir Rádio
    A residência oficial do presidente norte-americano, Casa Branca, Washington

    Contra Trump, grupos pró-imigração organizam protestos e vigília em frente a Casa Branca

    © Sputnik / Natalia Seliverstova
    Américas
    URL curta
    1113

    Convocada pelo grupo de defesa dos imigrantes CASA, a manifestação e vigília fora da Casa Branca é uma resposta às ordens executivas do presidente Donald Trump de endurecer o acesso às fronteiras e a políticas de imigração.

    A manifestação acontece em resposta à ordem do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump para o início da construção do muro na fronteira dos EUA com México. 

    Trump também anunciou mudanças nas regras para subsídios federais e quer impedir a entrada de refugiados em solo americano.

    Fundada em 1994 para servir a comunidade de imigrantes no sul da Flórida, o CASA advoga pela "organização, defesa e expansão das oportunidades para os latinos e imigrantes", de acordo com o site oficial do grupo. O grupo afirma que as ordens de segurança nacional assinadas hoje são "tentativas diretas de marginalizar os imigrantes".

    "Trump está tentando enviar medo e pânico através de nossa comunidade e tem uma completa falta de compaixão para com aqueles que trabalham, contribuem e aumentam a diversidade que é este país", disse o diretor-executivo da CASA, Gustavo Torres, em um comunicado à imprensa.

    A manifestação reuniu cerca de 200 pessoas em cerca de meia hora. Não houve registros de incidentes relacionados à manifestação.

    Mais:

    Qual será o plano de Trump para refugiar civis da Síria?
    Trump assina ordem para construção de muro com México
    Tags:
    CASA, Casa Branca, Gustavo Torres, Donald Trump, Estados Unidos, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik