07:43 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    24462
    Nos siga no

    O presidente Barack Obama, que deixa o seu cargo em 20 de janeiro, falou em entrevista ao canal norte-americano CBS sobre seu medo pelo futuro do país.

    O líder norte-americano destacou que a situação ao redor dos "hackers russos" demonstrou uma divisão entre democratas e republicanos, fê-los esquecer que, nesta área, devem "jogar no mesmo campo".

    "Estou preocupado com a escala com que, em alguns círculos, se espalhou a ideia de que [o presidente russo] Vladimir Putin merece mais confiança de que o governo dos EUA", disse Obama ao CBS.

    Em outubro de 2016 o serviço de inteligência norte-americano declarou que os ataques cibernéticos contra o sistema de eleições norte-americanos foram supostamente efectuados por ordem de Moscou. Ao mesmo tempo, as autoridades norte-americanas não apresentaram quaisquer provas do envolvimento russo nos ataques cibernéticos com o objetivo de influenciar os resultados das presidenciais norte-americanas.

    A parte russa declarou repetidamente que não esteve envolvida no vazamento de dados e chamou as acusações norte-americanas de totalmente infundadas.

    Mais:

    Obama vai realizar última coletiva de imprensa na próxima quarta (18)
    Obama acaba com política que garante residência a cubanos ilegais que chegam aos EUA
    Opinião: revelada 'herança catastrófica' de Obama
    Obama tenta se atribuir o êxito do acordo nuclear com Irã, opinam analistas
    Tags:
    preocupação, confiança, Vladimir Putin, Barack Obama, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar