06:22 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Donald Trump hotel Rio

    Trump duvida mais uma vez da inteligência americana e provoca Hillary

    © AP Photo/
    Américas
    URL curta
    560

    O republicano disse que as acusações contra ele são falsificadas pelos opositores e que já encomendou o próprio relatório quanto ao ataque hacker russo à equipe.

    Não é de hoje que o presidente-eleito dos Estados Unidos, Donald Trump mostra-se cético com os relatórios que apontam para interferência russa no processo eleitoral americano. Nesta sexta, ele voltou a criticar as alegações e aproveitou para provocar a rival.

    Pelo Twitter, o bilionário acusou democratas e a ala rival republicana de inventarem notícias que o prejudiquem.

    ​Fatos totalmente fabricados por agentes políticos não confiáveis, democratas e republicanos — NOTÍCIA FALSA! A Rússia diz que nada existe. Provavelmente…

    ​divulgado pela "Inteligência" mesmo sabendo que não há nenhuma prova, e nunca haverá. Minha equipe terá um relatório completo sobre os ataques hackers dentro de 90 dias!

    Os dados foram apresentadas em uma sinopse de duas páginas anexada ao relatório sobre a interferência russa na eleição de 2016. Posteriormente, BBC e Washington Post descobriram que o documento que cita as relações escusas entre Trump e o Kremlin foi produzido por um ex-agente secreto britânico a pedido de Jeb Bush.

    Provocação

    Na mesma série de tweets, o republicano disse que Hillary e os democratas não devem se queixar das investigações do FBI contra ela porque a candidata derrotada é "tremendamente culpada" e não deveria ter sido autorizada a concorrer à presidência em primeiro lugar.

    Trump acrescentou que Clinton perdeu a eleição porque ela "fez campanha nos estados errados" e "sem entusiasmo". Trump toma posse daqui a uma semana, no dia 20 de janeiro.

    Mais:

    FBI não confirma detalhes do relatório referente à informações comprometedoras sobre Trump
    Vice-presidente eleito dos EUA fala sobre publicação de relatório sobre Trump e Rússia
    WikiLeaks transmite coletiva de imprensa sobre relatório da CIA e eleições nos EUA
    Tags:
    The Washington Post, FBI, Twitter, BBC, Donald Trump, Jeb Bush, Hillary Clinton, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik