22:14 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1 0 0
    Nos siga no

    A procuradora-geral do Panamá disse nesta quinta-feira (12) que a Odebrecht fez um acordo verbal para pagar US$ 59 milhões em reparações pelos subornos pagos pela construtora para ganhar negócios no país entre 2010 e 2014.

    A soma refere-se à quantia em subornos que a Odebrecht admitiu ter pago a funcionários e intermediários da nação centro-americana em um acordo judicial divulgado no mês passado em um tribunal norte-americano, segundo relata a Reuters.

    A procuradora-geral Kenia Porcell disse em entrevista coletiva nesta quinta que havia recebido "uma promessa verbal formal" de que o dinheiro seria entregue em breve pela empresa brasileira, e acrescentou que a empreiteira cooperaria "significativamente" nas investigações panamenhas sobre o escândalo.

    Mais:

    Chefe da Inteligência argentina é investigado em caso relacionado à Odebrecht
    Governo mexicano inicia investigação em torno do caso da brasileira Odebrecht
    Odebrecht e Braskem admitem gastos de US$ 1 bi em propina em 12 países
    Tags:
    pagamento, suborno, escândalo, corrupção, Odebrecht, América Latina, Panamá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar