17:02 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    Farhad Parvaresh lidera desde o final de 2015, a assinatura de um contrato de compra de 100 aviões da Airbus e outros 80 da Boeing, uma transação que pode chegar a US$34,5 bi.

    Crítico ao acordo entre os Estados Unidos e o Irã, Donald Trump tem espalhado incerteza pelo Oriente Médio quanto a posição que adotará quando assumir o governo.

    Mas há quem tenha esperança de que ele não fará movimentos bruscos na relação entre os dois países e o CEO da Iran Air, Farhad Parvaresh, é um deles. Em entrevista hoje a tarde, Parvaresh disse que permanece otimista quanto ao governo Trump e que o presidente-eleito não atrapalhará os planos da empresa de comprar novos aviões da Airbus e da Boeing.

    "Tudo foi feito de acordo com os regulamentos e regras internacionais até agora. Esperamos que nada de especial aconteça para encerrar este contrato. Estamos muito otimistas que podemos finalizar (a assinatura do contrato) em janeiro ou algo assim", disse Parvaresh durante discurso realizado na cidade francesa de Toulouse.

    No fim do ano passado, a Iran Air fechou acordos para comprar 100 aviões da Airbus e outros 80 da Boeing. As encomendas valem mais de US$ 34,5 bilhões e podem ser sabotadas caso Trump erga novas sanções entre empresas americanas e o Irã.

    Trata-se da negociação comercial de mais alto nível entre companhias ocidentais e a estatal iraniana desde a implementação do acordo nuclear em 2015.

    Tags:
    Iran Air, Airbus, Boeing, Farhad Parvaresh, Donald Trump, Toulouse, Estados Unidos, Irã, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar