18:53 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente recém-eleito Donald Trump, 20 de novembro de 2016

    Cuba e EUA se apressam em fechar acordos antes de Trump tomar posse

    © REUTERS / Mike Segar
    Américas
    URL curta
    125
    Nos siga no

    Faltando poucos dias para a tomada de posse do presidente eleito Donald Trump nos EUA, a Casa Branca fechou nesta segunda-feira (9) um acordo com Cuba para prevenir, conter e limpar conjuntamente o petróleo e outros derramamentos tóxicos no Golfo do México.

    O embaixador norte-americano em Havana, Jeffrey DeLaurentis, nomeado pelo presidente Barack Obama em setembro do ano passado, assinou o documento pelos EUA e disse se tratar de apenas um de uma série de acordos para proteger o ambiente marinho compartilhado dos dois países vizinhos, separados por apenas 145 quilômetros de água.

    O acordo foi assinado pela parte cubana pelo vice-ministro de Transportes, Eduardo Rodríguez Dávila, que pediu que as partes preparem e testem planos conjuntos de contenção de desastres e treinem pessoal, entre outras medidas.

    Trump ameaçou acabar com a retomada ainda frágil das relações diplomáticas e comerciais entre os dois países, a menos que Cuba faça mais concessões políticas e econômicas.

    Diante das ameaças, as empresas norte-americanas e a administração Obama anunciaram uma série de pequenas transações nas últimas semanas com o objetivo de dificultar a eliminação da détente estabelecida por Obama e pelo presidente cubano Raúl Castro em 2014.

    Os antigos inimigos da Guerra Fria disseram no mês passado que esperavam assinar até seis acordos de cooperação antes de 20 de janeiro, quando Obama dá adeus à Casa Branca após 8 anos de governo.

    Mais:

    Cuba anuncia exercícios militares em todo o país após vitória de Trump
    Casa Branca: reverter a aproximação com Cuba pode ser prejudicial aos EUA
    Rússia e Cuba assinam acordo sobre transferência de presos
    Cuba e UE firmam acordo para normalizar relações
    Acordo histórico reforça cooperação militar entre Rússia e Cuba
    Trump priorizará libertação de prisioneiros políticos nas relações com Cuba
    Tags:
    derramamento, petróleo, acordos, diplomacia, posse, relações, normalização, Donald Trump, Raul Castro, Barack Obama, Golfo do México, Cuba, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar