05:40 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    3110
    Nos siga no

    O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, declarou que os ciberataques, realizados contra os sistemas norte-americanos, não afetaram os resultados das eleições no país.

    “Apesar da Rússia, China, outros países e grupos de pessoas e indivíduos sempre tentarem invadir a infra-estrutura cibernética das nossas instituições públicas, empresas e organizações, inclusive o Comitê Nacional dos democratas, não aconteceu absolutamente nada que pudesse afetar os resultados das eleições, inclusive não aconteceu interferência alguma no funcionamento das urnas eletrônicas”, aponta a declaração de Trump, divulgada por seus assessores.  

    A declaração foi publicada logo após o encontro de Trump com os representantes dos serviços de inteligência dos EUA, que investigam ciberataques.

    “Eu tive uma reunião e uma conversa construtivas com as diretorias da comunidade de inteligência hoje. Sinto um enorme respeito pelo trabalho e serviço realizado por homens e mulheres dessa comunidade para a nossa grande nação”, destacou o presidente eleito, que já foi muito criticado na imprensa pela falta de confiança à inteligência norte-americana.

    Mais:

    Trump classificou as acusações contra a Rússia de 'caça às bruxas'
    Trump pede investigação do Congresso após NBC divulgar relatório sobre hackers russos
    Mídia: Donald Trump escolhe novo diretor nacional de inteligência
    Trump expressa 'ceticismo saudável' para com alegações sobre hackers russos
    Opinião: novas sanções antirrussas de Obama foram 'presente de Ano Novo' para Trump
    Tags:
    ciberataque, hackers, eleições presidenciais, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar