12:39 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    101
    Nos siga no

    O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, passa por grandes dificuldades ao lidar com gadgets modernos e prefere os meios mais conservadores de receber informações, diz a edição Politico ao citar fontes próximas do republicano.

    Segundo diz o jornal, os assessores do futuro chefe da Casa Branca afirmaram que nunca receberam um e-mail ou uma mensagem de texto de Trump. De acordo com as pessoas mais chegadas do político, o bilionário de 70 anos prefere a imprensa escrita a quaisquer dispositivos.

    O Politico comunica que houve uma vez em que Trump quis agradecer ao jornalista Erik Erikson por um artigo lisonjeiro sobre ele, mas ao invés de um e-mail (ao que todos já estão acostumados), escreveu uma carta à mão, sendo que depois seu assessor escaneou a correspondência e enviou ao destinatário via e-mail.

    "Ele é a única pessoa que me enviava tais cartas. Ele acha que o correio eletrônico o distrai", diz o jornal, citando Erikson. Ele também adiantou que Trump sempre lê os e-mails imprimidos, anota-los e envia-os de volta em formato PDF.

    O antigo amigo de Trump, Roger Stone, frisou que até recentemente o futuro líder dos EUA tem usado os chamados pagers antigos cujo auge de popularidade data da década de 80.

    "Ele é muito antiquado", disse Stone, porém sublinhando que Trump é "obcecado pelo Twitter".

    Mais:

    Cineasta Michael Moore pede que sociedade se mobilize contra Trump
    Trump: 'Tive uma conversa telefônica muito, muito boa com Obama'
    Passageiro é retirado de voo após discussão com Ivanka Trump
    Tags:
    tecnologia, e-mail, Twitter, Casa Branca, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar