18:38 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    442
    Nos siga no

    Ao contrário do que se possa pensar, porém, a notícia é positiva e representa melhora nos indicadores na comparação com o mesmo período do ano passado.

    Mesmo com as medidas impopulares para tentar recuperar a economia, a Argentina registrou déficit fiscal de US$894 mi (quase R$3 bi) no mês de novembro.

    A informação partiu do governo federal do país. O resultado, porém, representa melhora em comparação com os indicadores de 2015 de acordo com o Ministério da Fazenda do país.

    Quando assumiu a presidência do país, Maurício Macri adotou uma série de diretrizes econômicas para tentar recuperar a economia. Entre as medidas estão o fim do represamento de preços, a demissão de milhares de funcionários públicos e a divulgação real dos indicadores, antes maquiados pela Casa Rosada durante a gestão de Cristina Kírchner.

    Mais:

    Maioria dos argentinos considera a gestão de Macri negativa ou muito negativa
    Justiça argentina pede investigação contra o presidente Mauricio Macri
    Macri: 'Venezuela não pode fazer parte do Mercosul'
    Tags:
    Argentina, Maurício Macri, Cristina Kírchner, Casa Rosada, Ministério da Fazenda da Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar