08:28 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    A sede da Assembleia Geral da ONU, no bairro de Manhattan, em Nova York

    Assembleia Geral da ONU homenageia Fidel Castro

    © REUTERS/ Eduardo Munoz
    Américas
    URL curta
    10113

    A Assembleia Geral da ONU realizou uma sessão especial em homenagem ao falecido líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, elogiado como um dos grandes líderes políticos da história.

    "Sua voz e sua vida permanecem na memória das Nações Unidas. Foi um grande líder do nosso tempo", disse o embaixador permanente da China no fórum mundial, Wu Haitao.

    O diplomata disse ainda que Fidel "dedicou sua vida à luta pela libertação nacional e à construção do socialismo para o povo cubano", e que "ele procurou a igualdade e a justiça, e defendeu os interesses comuns dos países em desenvolvimento".

    Enquanto isso, o embaixador permanente de Angola na ONU, Ismael Abraão Gaspar Martins, ressaltou a constante cooperação de Havana com o seu país sob a liderança de Fidel.

    Em particular, ele destacou o envio de educadores da ilha "para atender à dramática escassez de professores imediatamente após a proclamação da independência" de Angola. 

    "As realizações de Cuba estão muito mais presentes hoje, e se devem à liderança de Fidel Castro", disse o diplomata, que enfatizou a eliminação do analfabetismo e a redução da mortalidade infantil em Cuba.

    O embaixador da Palestina, Riyad Mansour, salientou a "forma brilhante" com que Fidel liderou o Movimento dos Países Não-Alinhados, bem como o seu apoio à resistência contra a ocupação israelense.

    "O povo palestino nunca vai esquecer Fidel Castro, sua memória estará sempre viva em nossos corações", disse ele. 

    O líder revolucionário cubano morreu na noite de 25 de novembro, aos 90 anos.

    Mais:

    Cuba dá útimo adeus ao Comandante
    Ministro francês das Relações Exteriores chama Fidel Castro de 'ditador'
    Exclusiva – Frei Betto: 'Meu amigo Fidel Castro'
    Lula e Dilma vão a Cuba homenagear Fidel Castro
    Fidel Castro: a trajetória
    Putin liga para Raul Castro e lamenta morte de Fidel: 'uma figura notável, um patriota'
    Tags:
    memória, homenagem, Revolução Cubana, Movimento dos Países Não Alinhados, Assembleia Geral da ONU, Fidel Castro, Palestina, China, Angola, Cuba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik