02:54 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Delcy Rodríguez, chanceler da  Venezuela

    Venezuela denuncia agressão contra sua chanceler na Argentina (VÍDEO)

    © REUTERS / Marco Bello
    Américas
    URL curta
    2021
    Nos siga no

    Os funcionários do governo venezuelano expressaram sua indignação devido à agressão contra a chanceler da Venezuela, Delcy Rodríguez, quando ela tentou comparecer à reunião do Mercosul, que teve lugar em Buenos Aires na quarta-feira (14), no prédio da chancelaria argentina.

    "Repúdio total à agressão no Mercosul contra a Venezuela e, em particular, contra a nossa atual chanceler Delcy Rodríguez", informou o ministro das Comunicações e Informação do país, Ernesto Villegas, na sua página do Twitter.

    O comentário foi publicado pelo ministro após Rodríguez ter informado que um policial a agrediu quando ela tentou entrar na sala de reunião dos chanceleres do Mercosul.

    Delcy Rodríguez chegou à capital argentina para participar da reunião da organização, mas foi recebida apenas pela sua homóloga argentina Susana Malcorra e por Rodolfo Nin Novoa, chefe da diplomacia uruguaia.

    A Venezuela não foi convidada para participar da reunião da quarta-feira (14), pois em 2 de dezembro o país foi suspenso do bloco devido ao suposto descumprimento de obrigações perante o Mercosul. No entanto, durante uma coletiva de imprensa, Rodríguez deixou claro que a Venezuela já incorporou 95 por cento das normas do Mercosul na sua legislação nacional.

    A primeira-dama da Venezuela, Cilia Flores, lamentou o acontecido:

    "Minha solidariedade para Delcy, digna chanceler, devido à agressão do governo argentino e da tríplice aliança, que violaram as normas do direito internacional", reclamou Flores no Twitter.

    Vale ressaltar que este acontecimento também causou uma onda de indignação por parte de vários outros ministros do governo venezuelano.

    Delcy Rodríguez denunciou esse episódio desagradável e agradeceu o apoio por parte dos movimentos sociais argentinos e dos deputados do partido oposicionista de Cristina Kirchner, Frente para a Vitória.

    Mais:

    Encontro Brasil-Argentina: Entendimento primeiro no Mercosul e depois com a Europa
    Maduro solicitou reunião com Uruguai para discutir 'agressão' a seu país no Mercosul
    Para parlamentar brasileiro, suspensão da Venezuela do Mercosul é positiva
    Tags:
    denúncia, bloco, reunião, agressão, Mercosul, Delcy Rodríguez, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar