17:05 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Medida teria como objetivo evitar o contrabando de notas de 100 bolívares

    Venezuela fecha fronteira com o Brasil

    © flickr.com/ Cristóbal Alvarado Minic
    Américas
    URL curta
    16181

    O governo da Venezuela decidiu fechar, nesta terça-feira, a fronteira do país com o Brasil entre as cidades de Santa Elena de Uairén, no estado de Bolívar, e Pacaraima, em Roraima. A medida, que entrou em vigor na primeira hora de hoje, terá validade de 72 horas.

    A determinação do presidente Nicolás Maduro tem como objetivo combater o contrabando de moeda nacional, alimentos e itens básicos, mesmo motivo que levou ao fechamento da fronteira com a Colômbia, segundo informou à Sputnik, por meio de nota, a Secretaria de Assuntos Internacionais de Roraima.

    "A razão é a decisão do governo venezuelano de retirar de circulação notas de 100 bolívares, sendo que a população que tem essas notas devem trocá-las em um banco dentro de 72 horas. A informação foi confirmada pela Guarda Nacional da Venezuela" diz o comunicado.

    Na última segunda-feira, Caracas anunciou uma medida de segurança nas regiões de fronteira com a Colômbia após a denúncia de retirada de papel-moeda da Venezuela para outros países, prática que, de acordo com o presidente Maduro, tinha como objetivo asfixiar a economia venezuelana.

    Mais:

    Para parlamentar brasileiro, suspensão da Venezuela do Mercosul é positiva
    Venezuela denuncia 'golpe de Estado' no Mercosul
    Vaticano tenta recuperar negociações na Venezuela
    Tags:
    contrabando, bolívares, economia, Nicolás Maduro, Pacaraima, Bolívar, Santa Elena de Uairén, Caracas, Roraima, Colômbia, Brasil, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik