12:20 08 Dezembro 2016
Ouvir Rádio
    Gen. James Mattis, the former head of U.S. Central Command

    Trump confirma James Mattis como secretário de defesa

    © AP Photo/ Matt Dunham
    Américas
    URL curta
    488830

    Escolhido foi ex-general crítico à política externa durante a gestão de Barack Obama.

    O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou que o general aposentado James Mattis será nomeado como o próximo secretário de Defesa do país.

    "Nós vamos nomear 'Mad Dog' (apelido do general, traduzido literalmente como 'cão furioso') Mattis como nosso secretário de Defesa, mas não vamos anunciar até segunda-feira, então não diga a ninguém. Mad Dog. Ele é ótimo, ele é ótimo", Trump disse em um comício em Ohio na quinta-feira, como citado pela NBC.

    O nome de Mattis vinha circulando pela imprensa desde o início da semana, mas nem o presidente-eleito nem sua equipe tinham confirmado a informação.

    De 2010 a 2013, ele serviu como comandante dos EUA no Afeganistão e no Iraque, discordando publicamente das políticas do presidente Barack Obama no Oriente Médio, em particular do acordo nuclear com o Irã.

    As posições de Mattis sobre o Irã são semelhantes às defendidas por Trump durante a campanha presidencial e apoiadas pelo seu nomeado para o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, o Tenente General Michael Flynn.

    Mais:

    Senador democrata pode ser novo secretário de energia de Trump
    Trump retalia Clinton pela recontagem de votos e diz que 3 estados fraudaram eleições
    O que Trump quer dar à Cuba após a morte de Fidel
    Serviço Secreto pode alugar um andar inteiro da Trump Tower para proteger os Trump
    Restrições contra mídia russa: Europa enfrenta pânico após eleição de Trump
    Tags:
    Casa Branca, Pentágono, Mad Dog Mattis, James Mattis, Michael Flynn, Donald Trump, Barack Obama, Estados Unidos, Irã, Iraque, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Em foco