14:27 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Polícia colombiana

    Avião com jogadores de futebol brasileiros cai na Colômbia

    © Foto: Twitter/ MiOriente
    Américas
    URL curta
    Queda do avião com Chapecoense (73)
    5147

    Um avião com jogadores de futebol brasileiros a bordo caiu na Colômbia na madrugada desta terça, informa o Aeroporto José María Córdova de Rionegro.

    De acordo com uma postagem no Twitter do aeroporto, trata-se da "aeronave com matrícula CP2933, que transportava a equipe da Chapecoense. Parece que há sobreviventes.

    Várias fontes informam que 81 pessoas estavam a bordo, sendo 72 delas passageiros e nove tripulantes. Ainda não há dados exatos sobre vítimas e sobreviventes.

    O aeroporto acompanha a situação no seu Twitter e diz que as condições climáticas dificultam o acesso ao local da queda: "o acesso <…> só pode ser feito por terra". Contudo, "as autoridades já estão no local", diz outro tweet.

    O local em questão é Cerro Gordo de la Unión, na província de Antioquia.

    O aeroporto afirma estar trabalhando "com as autoridades da região para atender emergência que se apresent​a com a aeronave da Chapecoense".

    De acordo com a Folha de São Paulo, o voo estava sendo realizado pela empresa boliviana Lamia.

    Amanhã, 30 de novembro, na final da Copa Sul-Americana, estava previsto um encontro entre o time colombiano Atlético Nacional e o brasileiro Chapecoense, às 21h45 de Brasília. Os usuários do Twitter comentam que "jogam a partida mais importante das suas vidas neste preciso momento. Força #Chapecoense, que Deus tenha tudo sob controle".

    "Que noticia horrível! Força Chapecoense!", diz este tweet:

    O adversário de amanhã do clube, o Atlético Nacional, também comunicou sua preocupação. "Confirmado! O avião que transportava a Chapecoense sofreu um acidente. Relata-se que há sobreviventes. #FuerzaChapecoense [Força Chapecoense]".

    Tema:
    Queda do avião com Chapecoense (73)
    Tags:
    acidente, futebol, Chapecoense, Colômbia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik