04:33 29 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    25210
    Nos siga no

    Em mensagem de vídeo divulgada nesta segunda-feira, o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que sua equipe de transição está trabalhando em uma grande lista de ações executivas para serem tomadas a partir do seu primeiro dia de governo, entre as quais está a suspensão da entrada norte-americana na Parceria Transpacífico (TTP).

    "Minha agenda será baseada em um princípio central simples: colocar a América em primeiro lugar. Seja produzindo aço, construindo carros ou curando doenças, eu quero que a próxima geração de produção e inovação ocorra bem aqui, na nossa grande terra", disse Trump. 

    Segundo o futuro chefe de Estado dos EUA, ao invés do TPP, ele irá "negociar acordos bilaterais justos para trazer de volta os postos de trabalho" ao país. 

    "No comércio, eu irei emitir uma notificação de intenção de retirada da Parceria Transpacífico, um desastre em potencial para o nosso país", afirmou, acrescentando que irá também cancelar as restrições quanto à produção americana de energia, incluindo o uso de xisto e carvão.

    Na segurança nacional, Trump disse que pedirá ao Departamento de Defesa um plano para proteger a infraestrutura norte-americana, também no setor cibernético. No campo da imigração, ele fará o Departamento de Trabalho investigar todos os abusos aos programas de visto que prejudicaram os trabalhadores nacionais. 

    O futuro presidente dos Estados Unidos também destacou a intenção de realizar uma reforma ética no país e impedir a criação de lobistas, tanto no caso de ex-funcionários do governo como no de pessoas agindo de acordo com interesses estrangeiros. 

    Para finalizar, Trump disse que fará novos pronunciamentos nos próximos dias revelando mais detalhes da sua estratégia para "tornar a América grande outra vez". 

    Mais:

    Avô de Trump foi expulso de sua região natal na Alemanha
    Mansão de Trump recebe proteção do esquadrão antibomba de elite
    Putin sobre Trump: ‘existe diferença entre retórica eleitoral e política real’
    Trump pode vir a corrigir o maior fracasso de Obama
    Tags:
    Acordo de Parceria Transpacífica (TPP), Donald Trump, EUA, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar