01:14 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Candidato à presidência dos EUA do Partido Republicano Donald Trump

    Famoso 'profeta' político prevê impeachment de Trump

    © Sputnik / Nikita Shohov
    Américas
    URL curta
    Trump, presidente: a surpresa que abalou o mundo (70)
    51732
    Nos siga no

    O professor de uma universidade americana que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos EUA prevê agora sua destituição pelos próprios republicanos, informa o jornal Washington Post.

    Em setembro, o professor universitário de história norte-americano Allan Lichtman, que durante décadas previu com sucesso os resultados das eleições, calculou, usando seu sistema de 13 de fatores fundamentais, que Donald Trump iria vencer as presidenciais de 2016 graças ao seu carisma.

    "Quero fazer mais uma previsão, ela não é baseada em meu sistema, é simplesmente o que eu sinto. Prevejo que o Partido Republicano no Congresso lhe irá declarar o impeachment. Eles não querem Trump como presidente porque eles não podem controlá-lo, ele é imprevisível. Eles gostariam de ver no lugar dele Michael Pence, um político republicano totalmente retilíneo, conservador e controlável. E eu estou bastante confiante de que Trump irá criar o terreno para o impeachment", disse Lichtman, citado pelo Washington Post.

    Ele observou que o impeachment pode ser precedido por quaisquer ações de Trump que coloquem em risco a segurança nacional. Além disso, Trump não revelou suas ligações de negócios no exterior, o que também pode ser visto como uma ameaça para a segurança nacional dos EUA.

    Tema:
    Trump, presidente: a surpresa que abalou o mundo (70)

    Mais:

    Kremlin: Rússia ficou surpresa com vitória de Donald Trump
    'Teremos de ensinar a Trump o que é a Europa', diz presidente da Comissão Europeia
    Papa Francisco diz "não julgar" Donald Trump
    'Trump não mudará relações com o Brasil', diz embaixador brasileiro nos EUA
    Tags:
    impeachment, Partido Republicano, Mike Pence, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar