13:46 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Senadora republicana por Nova Hampshire, Kelly Ayotte

    Que tal uma mulher à frente do Pentágono?

    © AFP 2019 / NICHOLAS KAMM
    Américas
    URL curta
    755
    Nos siga no

    O presidente eleito dos EUA Donald Trump está considerando a candidatura de Kelly Ayotte para o cargo de ministro da Defesa, comunica o jornal ‘Washington Post’, se referindo a fontes familiarizadas com o cenário.

    Caso seja nomeada, Ayotte se tornará na primeira mulher a chefiar o Pentágono.

    “A equipe de Trump inscreveu o nome de Kelly em uma lista de eventuais candidatos para o posto”, diz Washington Post.

    O jornal sublinha que, se Ayotte for nomeada, ela vai se destacar do resto da equipe republicana de Trump por ser um ‘falcão’ neoconservador e uma das poucas mulheres na eventual composição de um novo governo. 

    Trump venceu as presidenciais norte-americanas em 8 de novembro. O presidente eleito assumirá seu mandato após a inauguração, que está marcada para 20 de janeiro. A nova administração norte-americana encabeçada por Donald Trump tomará posse logo depois da cerimônia de inauguração.

    Ayotte, senadora por Nova Hampshire, tentou ser eleita pela segunda vez em 8 de novembro, mas por uma margem mínima cedeu à democrata Maggie Hassan.

    Mais:

    Pentágono recomenda ao presidente dos EUA não coordenar ações na Síria com Rússia
    Mídia: Pentágono gastou 60 bilhões durante 20 anos em armas inexistentes
    Poderá próximo presidente americano fazer o que Pentágono e Obama não conseguiram?
    Tags:
    candidata, novo governo, administração, nomeação, eleições nos EUA, Casa Branca, Partido Republicano, Pentágono, Kelly Ayotte, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar