15:53 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, em sua chegada à Cúpula do Mercosul no Palácio do Itamaraty, Brasília, Brasil

    Será que Venezuela é um país-pária no comércio latino-americano?

    © AFP 2017/ WENDERSON ARAUJO
    Américas
    URL curta
    24411

    A América do Sul e a União Europeia não querem ter a Venezuela como seu parceiro comercial. O país, que faz parte do Mercosul, não participará das negociações sobre o acordo de comércio livre com a UE, declarou o chefe da delegação do Parlamento Europeu nos países do Cone Sul, Francisco Assis.

    Viktor Heifets, professor da Faculdade de Relações Internacionais da Universidade Estatal de São Petersburgo, entrevistado pela Spuntik, explicou que a culpa na situação é recíproca.

    Ele destacou que o Mercado Comum do Sul, mais conhecido como Mercosul, possui certas normas econômicas e políticas que a Venezuela deve respeitar, mas não o faz.

    A organização tem certas regras que todos os membros devem cumprir, inclusive a Carta Democrática, que a Venezuela, de acordo com vários países do Mercosul, não cumpre. Além disso, segundo destacou Heifets, o país ainda não ratificou dois acordos importantes para o Mercosul — um sobre o livre trânsito de cidadãos e outro que tem a ver com as normas democráticas.

    Nesta situação já bastante tensa, em que nem todos os países-membros do bloco apoiam a participação venezuelana, o presidente Nicolás Maduro se permite fazer comentários em relação aos seus vizinhos, classificados pelo especialista russo como “bastante grosseiros”.

    "O Mercosul vive uma crise, relacionada não só com a Venezuela, mas também pelo fato de a Argentina estar olhando para o lado, para a Parceria Transatlântica e para a Aliança Pacífica. O Uruguai começou a olhar para lado, o Brasil mudou suas prioridades um pouco… E a crise [política] na Venezuela coincidiu com toda esta situação," destacou Heifets.

    Mas ele nota que a situação ainda pode mudar para melhor, caso até 1 de dezembro o país consiga resolver todas as divergências com os outros países do bloco. Neste caso, a Venezuela poderia se juntar às negociações.

    A data foi designada pelos membros fundadores do Mercosul para que o país possa cumprir todos os requisitos necessários e se tornar membro pleno do grupo.

    Tags:
    comércio, Mercosul, União Europeia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik