18:14 02 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    201
    Nos siga no

    O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, apresentou nesta quarta-feira, 26, um balanço dos primeiros cem dias da sua administração e assegurou que seguirá lutando pelo fim da corrupção no país.

    "Estamos muito conscientes do tema da corrupção que tivemos aqui no Palácio, que havia começado muito antes de chegarmos e que nos fez acelerar nossa luta contra a corrupção, já com o decreto da morte civil e com outras medidas que seguirão" disse o presidente durante uma coletiva de imprensa, citado pelo jornal La República

    A chamada lei de morte civil, mencionada por Kuczynski, foi oficializada na última semana com o objetivo de desqualificar funcionários condenados por corrupção. 

    Além do combate às práticas ilícitas, o líder peruano aproveitou a ocasião para destacar algumas das principais medidas adotadas durante o seu governo, relacionadas ao abastecimento de água, ao destrancamento de projetos e à luta contra a anemia infantil. Ele também fez referência à redução das tarifas elétricas em zonas rurais, a um programa de reflorestamento e a um convênio firmado com a China no transporte de exportações.

    Mais:

    Idosa é queimada viva por bruxaria no Peru
    Objeto voador não identificado aparece no céu do Peru (VÍDEO)
    Peru inicia reforma da polícia com passagem de 39 generais para a reserva
    Pedro Pablo Kuczynski assume presidência do Peru
    Tags:
    corrupção, La República, PPK, Pedro Pablo Kuczynski, Peru, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar