10:19 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Chanceler John Kerry fala com presidente dos EUA Barack Obama

    WikiLeaks revela que Obama mentiu sobre escândalo dos e-mails de Hillary Clinton

    © AP Photo / Andrew Harnik
    Américas
    URL curta
    Eleições nos EUA (112)
    12141

    A julgar pelos novos e-mails vazados pelo WikiLeaks do gerente de campanha de Hillary Clinton, John Podesta, o presidente dos EUA Barack Obama mentiu para o público norte-americano quando disse que descobriu sobre o escândalo dos e-mails da candidata presidencial democrata nos noticiários.

    ​Incluída no 18º lote dos chamados E-mails Podesta, está uma mensagem datada de 7 de março de 2015, enviada pelo porta-voz de Clinton, Josh Schwerin, à diretora de comunicações Jennifer Palmieri, ao secretário de imprensa Nick Merrill e a outros, onde ele se refere aos comentários de Obama feitos sobre o escândalo dos e-mails de Clinton.

    "Jen você provavelmente tem mais sobre isso, mas parece que o POTUS [o presidente Obama] acabou de dizer que descobriu que HRC [Hillary Clinton] estava usando seu e-mail pessoal quando ele viu [a notícia] no noticiário", dizia o e-mail.

    A mensagem foi encaminhada para Cheryl Mills, membro da equipe de Clinton, que, por sua vez, escreveu ao gerente de campanha John Podesta:

    "(…) precisamos limpar isso – ele [Obama] tem e-mails dela – eles não dizem state.gov."

    A troca de e-mail parece contradizer a versão de Obama sobre os eventos. O presidente disse à CBS que descobriu que Clinton usava sua conta privada de e-mails para tratar de assuntos estatais "ao mesmo tempo em que todo mundo descobriu através dos noticiários".

    As últimas revelações seguem uma série de vazamentos embaraçosos e potencialmente prejudiciais ligados à candidata democrata norte-americana, com o WikiLeaks liberando mais de 3.000 arquivos relacionados ao gerente de campanha John Podesta.

    Tema:
    Eleições nos EUA (112)

    Mais:

    WikiLeaks publica 9º lote de polêmicos e-mails da campanha de Hillary Clinton
    WikiLeaks vaza 2º lote-bomba de e-mails da campanha de Hillary
    FBI divulgou relatório sobre e-mails de Hillary Clinton
    Trump espera que a Rússia 'encontre' os e-mails deletados de Hillary Clinton
    Hillary pede desculpas após controvérsia com seus e-mails
    Escândalo de e-mails de Clinton pode lhe custar a carreira
    EUA confirmam o “desaparecimento” de 15 e-mails de Hillary
    Divulgadas as primeiras páginas dos controversos e-mails de Hillary Clinton
    Tags:
    e-mails, escândalo, WikiLeaks, John Podesta, Hillary Clinton, Barack Obama, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar