13:19 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente russo Vladimir Putin durante o fórum de investições Russia Calling!, Moscou, Rússia, 12 de outubro de 2016

    Putin sobre EUA: 'Pode-se esperar qualquer coisa de nossos amigos'

    © Sputnik / Ilya Pitalev
    Américas
    URL curta
    VIII Cúpula do BRICS (15)
    5514

    O presidente russo Vladimir Putin respondeu à pergunta sobre as relações russo-americanas e a ameaça do vice-presidente dos EUA Joe Biden, que anunciou na televisão que Washington prepara ataques cibernéticos contra a Rússia.

    "Da parte de nossos amigos norte-americanos pode-se esperar qualquer coisa. Será que ele disse algo especial? Já sabemos que os órgãos estatais norte-americanos vigiam e escutam todo o mundo. Isso é há muito tempo conhecido de todos, existem várias evidências, bilhões de dólares são gastos para esses fins – a CIA atua, a NSA [Agência de Segurança Nacional] atua, tal como outros serviços", disse Putin aos jornalistas durante uma entrevista coletiva na Cúpula dos BRICS. 

    Entretanto, é a primeira vez que Washington reconhece ao mais alto nível que está envolvido nessas atividades, destacou Putin, citado pela agência RIA Novosti.

    "Eles vigiam não só seus adversários potenciais, ou os que eles consideram adversários, mas também seus aliados, incluindo os mais próximos… Então, o que há aqui de novo? Nada. A única novidade é, primeiro, eles terem reconhecido a tão alto nível que se ocupam disso, segundo, terem feito ameaças, o que não corresponde, de maneira nenhuma, às normas da comunicação internacional. Provavelmente, estão nervosos", adicionou o presidente.

    No entanto, o presidente está confiante de que será possível melhorar as relações com os EUA após o fim da campanha eleitoral no país.

    Tema:
    VIII Cúpula do BRICS (15)

    Mais:

    General americano: Rússia sempre pega EUA de surpresa
    Guterres: Vou inspirar Rússia e EUA a se aproximarem
    Segundo Assad, 'a Terceira Guerra Mundial está pairando no ar'
    Tags:
    ciberataque, Joe Biden, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik