16:32 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin fala à então secretária de Estado norte-americano Hillary Clinton na cúpula da APEC, Vladivostok, Rússia, 2012 (foto de arquivo)

    Clinton elogiava Putin antes do começo da campanha eleitoral

    © AFP 2018 / MIKHAIL METZEL
    Américas
    URL curta
    1195

    O canal de televisão Fox News encontrou no correio eletrônico de John Podesta, chefe da campanha eleitoral da candidata à presidência dos EUA pelo Partido Democrata, Hillary Clinton, divulgado pela WikiLeaks, comentários positivos, feitos por Clinton, em relação ao presidente russo, Vladimir Putin.

    O Fox News cita os trechos dos textos escritos por Clinton antes de encontros a portas fechadas com o presidente russo.

    O canal destacou também que Clinton debocha do seu adversário do Partido Republicano, Donald Trump, que expressa o desejo de melhorar as relações com Moscou. Entretanto, no passado, a própria Clinton fez declarações parecidas.

    Por exemplo, em 2013, no seu discurso perante funcionários da Sanford Bernstein, ela se referiu a Putin como um "interlocutor divertido e interessante". "É sempre interessante falar com Vladimir Putin. Nunca se sabe o que ele fará ou dirá em seguida. Sempre protege e promove os interesses da Mãe Rússia com uma afronta latente", declarou Clinton.

    Em junho de 2013, durante discurso realizado no banco Goldman Sachs, Clinton expressou o desejo de "continuar as relações de forma mais positiva com a Rússia". "Gostaríamos que Putin não adotasse uma posição tão defensiva em relação aos EUA para que, assim, conseguíssemos cooperar em um leque de assuntos", destacou.

    Em outubro de 2013, no Fundo unido judeu, realizado em Chicago, Clinton se lembrou de uma conversa que teve com Putin na residência dele na região de Moscou. Segundo ela, o líder russo enumerou os problemas provocados pela política norte-americana. Em resposta, Clinton disse que tem uma coisa em comum com Putin – o desejo de proteger a natureza, os tigres em particular.

    "De súbito, levantou-se com os olhos arregalados e perguntou: 'Está preocupada com o destino dos tigres?'", disse ela sobre a reação do presidente russo.

    Clinton afirmou que depois da reação de Putin, ele a levou para uma sala, onde havia um grande mapa do território russo com as zonas marcadas de habitação de tigres, focas e baleias.

    "Isso foi ótimo", acrescentou a presidenciável norte-americana.

    Vale lembrar que, na quarta-feira (12), a WikiLeaks publicou materiais confidenciais supostamente ligados às relações de Clinton com a grande mídia norte-americana e com outros fatos, até então, desconhecidos.

    No início de outubro, o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, prometeu em uma videoconferência publicar até o final deste ano "informação significativas" sobre governos de três países e as eleições dos EUA.

    Mais:

    Pesquisa: maioria dos entrevistados concorda que Trump é sexista
    WikiLeaks vaza 2º lote-bomba de e-mails da campanha de Hillary
    Mosca pousa em Hillary Clinton e fica famosa nas redes sociais
    Tags:
    elogio, opinião, encontro, WikiLeaks, Hillary Clinton, Vladimir Putin, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik