03:57 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Wang Yi, ministro das Relações Exteriores da China, em visita ao Equador

    China defende 'desenvolvimento independente' do Equador

    © AFP 2019 / Rodrigo BUENDIA
    Américas
    URL curta
    290
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse nesta terça-feira, em visita a Quito, que Pequim apoia os esforços do Equador para alcançar um desenvolvimento independente através da industrialização e irá colaborar com o país na reconstrução das zonas afetadas pelo terremoto de 16 de abril.

    "A China vai oferecer sua ajuda com ações reais ao Equador. Para ajudar a aumentar sua capacidade de desenvolvimento independente, para que não dependa da exportação de produtos primários", afirmou Wang Yi em coletiva de imprensa na sede da chancelaria equatoriana. 

    Ainda de acordo com o chanceler chinês, o seu país, o maior entre aqueles em desenvolvimento, entende muito bem o "esforço necessário para impulsionar o processo de industrialização" e oferecerá "todo o equipamento, tecnologia e formação de talentos" que o Equador precisar. 

    Por sua vez, o chanceler equatoriano, Guillaume Long, reconheceu o apoio da China através "das obras no setor energético, as hidrelétricas e o financiamento", de grande importância para a "transição de uma economia exportadora de matérias-primas em uma economia muito mais sofisticada". 

    Segundo Long, a colaboração chinesa "tem sido e seguirá sendo fundamental". 

    Mais:

    China: 'EUA pagarão o preço' por instalar sistemas de defesa antimíssil na Coreia
    Ministro da Defesa da Polônia alerta para ameaça russa e política expansionista da China
    Impeachment pode levar a revisão de relações entre Brasil e Equador
    O que Equador tem a ver com atividade da CIA na América Latina?
    Tags:
    Wang Yi, Guillaume Long, Quito, Equador, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar